Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Alicia Keys: noite inesquecível no Pav. Atlântico

Domingo, 23.03.08

Alicia Keys no Pav. Atlântico (Foto Lusa - João Relvas)

Inesquecível. O Pavilhão Atlântico apresentou-se completamente lotado por milhares de fãs, que se fizeram deslocar de todo o país, para receber Alicia Keys. A diva do R&B preparou um espectáculo fantástico de luz, cor e movimento aliados à sua voz magnifica, que cativou, um a um, todos os fãs.

 

A primeira parte do concerto esteve a cargo de Patrice. O cantor de reggae, velho conhecido de Portugal, expôs o seu último trabalho, «Raw and Uncut». Durante meia hora, Patrice ajudou a aquecer os milhares de fãs que aguardavam Alicia Keys.

A noite era apenas de uma estrela. Alicia Keys entrou em palco, pouco passava das 21 horas. O imponente ecrã instalado na parte superior do palco mostrou um vídeo, passado numa igreja, onde a cantora era incentivada a mostrar o seu trabalho. A saída da diva pela porta principal da igreja, no vídeo, coincidiu com a entrada em palco, no Atlântico. Uma interacção «deliciosa» que prendeu os fãs ao palco.

 

A elaborada e pormenorizada produção que estava preparada antevia o que viria a ser uma noite incrível. Alicia Keys entrou em palco acompanhada do seu «melhor amigo», o piano, despoletando a primeira ovação da noite.

De regresso a Lisboa, após ter actuado na edição de 2004 do Rock in Rio, Alicia Keys preparava-se para apresentar o seu mais recente álbum, «As I Am», editado no final de 2007. Waiting for Your Love foi um dos primeiros temas com que a cantora embalou o Atlântico. A sua voz suave, meiga e singular, agregada a uma presença em palco personalizada, definiram muito do que foi o regresso a Lisboa.

«Where Do We Go From Here», «Teenage Love Affair» e «Sure Looks Good to me» foram os primeiros registos de «As I Am» que Alicia Keys mostrou ao público português. Entre trocas de roupa e alterações no registo musical, a diva soul «prendeu» a atenção no palco. O espectáculo dinâmico e sem pausas ajudou a cativar ainda mais o público, que só por si já estava deliciado com a produção.

Sensualidade aliada à presença em palco

Sempre que a cantora se deslocava ao backstage para trocar de roupa, as dançarinas e músicos que consigo partilhavam o palco, assumiam o papel principal. Foi assim com o conhecido tema «Lady Marmalade», interpretado de forma brilhante pelas back vocals de Alicia Keys, numa dessas pausas. A cantora reapareceu em palco segundos depois, com um sensual vestido preto. No plano de fundo surgiram então várias fotos da cantora, que deram vida ao ecrã. Este foi o prenúncio para o tema «How Come You Don t Call Me Anymore», o terceiro single do álbum de estreia da afro-americana, «Songs in A Minor».

As cores, o cenário teatral e as inúmeras coreografias mostraram ser parte intrínseca da dinâmica do espectáculo de promoção a «As I Am». A qualidade «passeada» no recinto estava tão explícita, que nem os problemas acústicos da sala incomodaram.

As luzes apagaram-se então, e só no piano, Alicia Keys recordou um dos temas que certamente a marca para a vida. «Butterflyz» foi a primeira canção que compôs, tinha na altura 14 anos, e a cantora presenteou os fãs portugueses com este tema, que integrou o seu primeiro álbum de originais.

Música por uma causa humanitária

Para além da voz mágica, Alicia Keys é também conhecida pela dedicação a causas humanitárias. A cantora mostrou essa faceta, esta noite, no Pavilhão Atlântico. Enquanto no ecrã era exibido um vídeo sobre crianças necessitadas, a diva expunha a sua sensibilidade ao referir que «toda a gente precisa de um anjo». É exactamente sobre isso que fala a canção que seguiu, «Prelude to a Kiss».

Eu não estive presente...mas depois desta descrição toda, fiquei com pena...!

FONTE: IOL MUSICA

ATENÇÃO

 

Queres receber 1 email sempre que for postado mais novidades neste blog?

Inscreve-te Aqui Grátis!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por 1001blogs às 10:01

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.